Escolha uma Página

Recebi essa pergunta recentemente de uma maneira direta e tem um teor que usualmente aparece nas nossas diversas relações do nosso meio. Naturalmente surge da curiosidade e interesse das pessoas em terem consciência do que nos diferencia de outras consultorias, de quaisquer âmbitos, tais como a de Desenvolvimento Organizacional.

A metodologia do IMO é baseada na concepção de Liderança Horizontal, que apesar do termo da horizontalidade, também inclui a verticalidade. Ambas são condições essenciais nas organizações e fazem um entrecruzamento entre a necessária verticalidade e por outro lado também a maneira horizontal do como se deve conduzir a comunidade de pessoas presentes e relacionadas a uma organização.

Para isso se tornar algo prático, concreto, temos como um elemento básico, a valorização do diálogo entre as pessoas. Há um grande zelo ao dar ao diálogo entre todos um caráter especial. Dialogar com qualidade propicia e permite costurar nas organizações as relações entre a sua história de vida, sua biografia que lhe dá nítida identidade, e a história de vida de cada pessoa presente que ali naquela organização trabalha ou se relaciona. Base de um entendimento adequado entre pessoas e conexões saudáveis entre as mesmas.

O consultor nunca está acima do cliente. Ele caminha ao lado, junto, como companheiro de jornada.

Quando um cliente nos chama para conversarmos, a partir disso podemos criar as condições básicas para ajudá-lo. Deixamos claro desde o começo que não trabalhamos com fórmulas, padrões, com estruturas pré-estabelecidas. Não levamos e oferecemos “receita de bolo”. Partimos da premissa que o cliente conhece bem a sua organização e ele tem condições de achar a sua própria solução em um processo de colaboração com o consultor. O consultor nunca está acima do cliente. Ele caminha ao lado, junto, como companheiros de jornadas e nesse sentido o consultor se baseia na leitura daquilo que é a necessidade, ou a dor, ou resumindo, a pergunta que move a alma do cliente. Compreendendo isso, nós personalizamos as atividades e todos os passos são dados e construídos junto com ele. Dentro da sua realidade. A leitura de uma situação específica, pede uma resposta que vai na mesma consonância: não adianta reaplicar fórmulas que deram certas em outra organização.

Também  naturalmente está presente na nossa forma de atuar que vamos motivados a desenvolvemos liderança. E sempre nas nossas relações estimulamos para que todos tenham uma iniciativa pessoal. Com isso as pessoas podem resolver os problemas a partir de si próprias. Incentivamos a autonomia, a se assumir responsabilidades, que mobilizam todos a contribuírem de uma forma pessoal ao todo maior da organização.

Fazemos isso de uma maneira muito prática, por meio de diálogos individuais, com diversos tipos de oficinas, com adaptação e customização dos nossos programas para uma condição in company. O cliente pode contratar o consultor por algumas horas, por uma meia diária, para uma diária completa. E junto com o cliente, de acordo com a sua necessidade e disponibilidade, nós planejamos um ritmo de atuações. As atividades das oficinas são estruturadas para terem poucos conceitos e para os presentes trabalharem com as suas questões reais. E a partir da oficina saem com uma bagagem para sua colocar na sua prática. Também para acessar outros elementos da constituição do ser humano além da intelectual, nas oficinas, comumente usamos de movimentos, de diversos tipos de dinâmicas, de artes, que propiciam elementos de inovação, entre outros.

E algo que achamos importante realçar é que em todas as etapas se caminha junto com o cliente e se faz com ele, ou seja, uma realização em parceria de acordo com o que se necessita e na medida certa. Assim fazemos um planejamento inicial, depois realizamos o combinado, e damos uma parada. E aí refletimos no que foi feito, e do que aprendemos da experiência. E combinamos a próxima etapa com os ajustes e os objetivos relacionados. Isso significa sempre ler o que é necessário para o próximo passo e se organizar e trabalhar nisso. Toda etapa é preparada com o cliente.

Sempre olhando e cuidando das relações humanas e do quanto as pessoas e os processos precisam ser cuidados, temos plena consciência de que a metodologia permite que o trabalho vá ficando mais leve à medida que as pessoas vão melhorando as suas relações. E como resultado, nitidamente se aumenta a produtividade. Então a atuação do IMO tem dois pilares: cuidar das pessoas, envolvendo-as, e aprimorar os processos onde todos estão imersos.

Fora do ambiente organizacional o IMO tem alguns programas que enxergamos que servem como apoio ao cliente. Eles abrangem aporte aos grandes decisores, às habilidades emocionais, à gestão com equipes autônomas.

Outro elemento bastante importante é que periodicamente levamos os interessados a um cliente que usa a metodologia e se dispõe a receber visitas, mostrando ali a sua realidade aos presentes. É a oportunidade de ver o case frente a frente, com a oportunidade de dialogar e perguntar diretamente – frisando!  Na casa do cliente – a história, os acertos, os desafios. É lidar com a realidade do local, de líderes e colaboradores sem intermediários.

Todo esse contexto está nas mãos dos consultores do IMO e ele propicia algo que para nós traz grande valor ao cliente. Ao caminhar lado a lado com ele, cultivamos as condições para que se realize a essência de uma mudança que ele está buscando.

Paulo Neves Júnior

Share This